terça-feira, 1 de novembro de 2016

Vadão não é mais técnico da seleção brasileira de futebol feminino


Emily Lima técnica São José futebol feminino


Vadão não é mais o técnico da seleção brasileira feminina, após dois anos. A escolha e decisão foram diretamente feitas pelo presidente CBF, que tem a ideia de seguir a tendência da Fifa e colocar um nome feminino no comando, assim como a Federação Internacional de Futebol tem feito. Por isso, Emily assume como treinadora. Outros integrantes da comissão técnica também saem junto com o técnico.
Ela comandou o São José na decisão da Copa do Brasil, que acabou sendo vencida pelo Audax. O Vadão foi comunicado através de um telefonema no final da manhã logo depois da técnica se reunir na entidade com Marco Polo del Nero. A situação já era estudada desde o final da Olimpíada, e Vadão estava "sob análise" do comandante máximo da entidade. Nesta terça, Del Nero definiu a ocupante do novo cargo tão logo acertou os detalhes com a nova comandante.
Emily, que já comandou a seleção brasileira sub-17, é a primeira treinadora a comandar o time principal feminino do Brasil. Ela será apresentada na próxima quinta-feira, na sede da CBF. A escolha coloca a seleção feminina em um novo momento de transição até mesmo em seu comando abaixo da presidência da CBF em relação ao comando do departamento da modalidade. Marco Aurélio Cunha, por exemplo, que assumiu como diretor executivo de futebol do São Paulo em setembro, ainda estuda se retorna ao posto mesmo tendo sido no início um afastamento temporário.
O primeiro desafio oficial de Emily será comandar a seleção brasileira no Torneio Internacional de Manaus. O Brasil estreia dia 7 de dezembro diante da Costa Rica. Depois terá pela frente Rússia, dia 11 de dezembro, e Itália, dia 14.

Fonte:  http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/dona-do-campinho/post/vadao-nao-e-mais-tecnico-da-selecao-brasileira-feminina.html