No ano passado, a CBF promoveu o draft de jogadoras da Seleção para clubes classificados à Segunda Fase. Na ocasião, o técnico da equipe do Flamengo em parceria com a Marinha, Ricardo Abrantes, escolheu a meia como uma das novidades do elenco, ao lado da zagueira Mônica e da atacante Rafa Travalão. Porém, Maurine se lesionou na primeira partida do Flamengo e não conseguiu mais entrar em campo pelo clube ao longo do campeonato. O time da Gávea acabou eliminado da Segunda Fase, e a jogadora retornou à Seleção.