segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Equipe feminina de Sorriso com ''peixotense'' conquista a copa Mato Grosso de futsal

A equipe do Sorriso Esporte Clube conquistou neste sábado (18) o titulo da Copa Mato Grosso de Futsal Feminino Adulto e garantiu a sua vaga para o Brasileiro de Clubes que acontecerá no Espírito Santo no ano que vem.
 
A equipe do Sorriso que tem a base da equipe do Sheila Baggio venceu na sexta-feira a equipe do Mixto Esporte Clube por 3 á 0, no sábado pela manha a vitória veio em cima da equipe de Lucas do Rio Verde por 5 á 0 e a conquista veio no sábado a noite diante de outra equipe de Sorriso, placar de 7 á 1, a equipe sorrisense venceu todos os seus jogos levou um gol na competição e  Decleia foi a goleira destaque e a artilheira foi a jogadora Sol.
fonte:  24horasnews

sábado, 11 de agosto de 2012

Copa Coca Cola

Aconteceu hoje o congresso técnico da Copa Coca Cola de Futebol, onde ficou definido a participação de apenas 04 equipes sendo:  Sorriso, Chicote da fronteira, Tigrezas e a equipe do Gama. Essa competição promete ser muito disputada principalmente pela tradição do sorriso, tigrezas e chicote da fronteira e correndo por fora a equipe do gama.

Próximas Competições

Campeonato Brasileiro  sub 20 feminino mês de Setembro
Copa Sesc
Campeonato Estadual sub 20  Mês  de  Agosto











sábado, 4 de agosto de 2012

Bruna Benites Jogadora de Futebol Feminino

Bruna Benites  Zagueira titular da seleção olímpica brasileira que participou dos jogos de Londres, deu os seus primeiros passos no futebol fazendo parte da  equipe feminina do Mixto Esporte Clube. Bruna foi descoberta pelo professor Celson Nunes, isso pelos anos de 2007, quando o futebol feminino de Cuiabá estava engatinhando.
Hoje a Bruna atua pela equipe do Foz Cataratas, a jogadora de 26 anos é formada em fisioterapia, e sua familia hoje reside na cidade de Campo Grande.

 

  



sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Brasil não resiste ao Japão e volta para casa com pior campanha na história dos Jogos

O Brasil está fora dos Jogos de Londres no futebol feminino. Apesar do ótimo início de partida diante das atuais campeãs mundiais, a seleção liderada por Marta não soube aproveitar as chances criadas e acabou derrotada pelo Japão por 2 a 0, em duelo válido pelas quartas de final disputado em Cardiff, no País de Gales, nesta sexta-feira. Assim, se despede com a pior campanha na história dos Jogos Olímpicos.

EUA SEGUEM NA BRIGA PELO 4º OURO

  • REUTERS/Nigel Roddis A seleção dos Estados Unidos está a dois jogos de conquistar a sua quarta medalha de ouro olímpica no futebol feminino. Nesta sexta-feira, em jogo disputado em Newcastle, elas confirmaram o favoritismo e venceram a Nova Zelândia por 2 a 0, com gols de Wambach e Leroux.
O futebol feminino passou a fazer parte das Olimpíadas em 1996, e desde então a seleção brasileira havia participado de todas as semifinais, o que não irá acontecer nesta edição. Na próxima fase, o Japão enfrenta a seleção francesa, enquanto a outra semifinal será decidida entre Estados Unidos e as vencedoras do duelo entre Reino Unido e Canadá.
O confronto com as japonesas logo nas quartas de final poderia ser evitado, não fosse a derrota para o Reino Unido na última rodada que deixou o Brasil com a segunda colocação da chave E.
Esta foi a quarta vez nas cinco edições dos Jogos Olímpicos que o Brasil enfrentou a campeã mundial do momento. Em 1996, empatou em 0 a 0 com a Noruega na primeira fase; em 2000, caiu por 1 a 0 diante dos Estados Unidos nas semifinais; em 2008, ficou no empate sem gols com a Alemanha.
Em Atlanta e em Sidney, a equipe verde-amarela caiu nas semifinais e acabou em quarto lugar. Em Atenas e Pequim, foram duas derrotas para os Estados Unidos na prorrogação da final e Marta e Cia ficaram com a medalha de prata.
O Brasil começou levando um susto logo no primeiro ataque das japonesas. Ohno aproveitou cochilo da zaga e chegou batendo de primeira da entrada da área. Atenta, Andreia fez a defesa em dois tempos. O lance parece ter feito bem para a seleção de Jorge Barcellos, que a partir daí passou a dominar o jogo, mantendo-se no campo de ataque a maior parte do tempo.
O gol parecia amadurecer a cada investida brasileira, mas a goleira Fukumoto mostrava que não seria fácil superá-la. Sem aproveitar o bom momento, o Brasil foi aos poucos perdendo o domínio do jogo. E em dois lances seguidos as japonesas mostraram porque são as atuais campeãs mundiais. Chegaram com muito perigo e só não abriram o placar por falta de pontaria.
Porém, no próximo ataque das rivais, não teve jeito. Em bobeada da defesa brasileira, a seleção japonesa cobrou a falta rapidamente e Ogimi ficou cara a cara com Andreia; a camisa 17 teve tempo para escolher o canto e, com tranquilidade, tocou à esquerda da goleira brasileira para estufar as redes no estádio Millenium.
Na etapa final, a cena praticamente se repetiu, pelo menos no que diz respeito à pressão brasileira. Só dava Brasil, mas as japonesas mais uma vez deram uma aula de como se defender e  no contra-ataque mataram a partida. Ohno ficou sozinha com Erika dentro da área, driblou a brasileira e bateu com categoria no ângulo direito de Andreia.
JAPÃO 2 X 0 BRASIL
Japão
Fukumoto, Kinga, Kumagai, Sameshima e Iwashimizu; Sakaguchi, Miyama, Ogimi (Takase) e Sawa; Ohno (Ando) e Kawasumi
Técnico: Norio Sasaki
Brasil
Andreia Suntaque, Fabiana, Erika, Renata Costa (Grazielle) e Rosana (Ester); Bruna, Francielle e Formiga; Marta, Thaisinha e Cristiane
Técnico: Jorge Barcellos
Data: 3/8/2012, sexta-feira
Local: estádio Millennium, em Cardiff (País de Gales)
Árbitro: Kirsi Heikkinen
Auxiliares: Tonja Paavola e Anu Jokela
Cartões amarelos: Bruna, Marta (BRA); Sakaguchi (JAP)
Gols: Ogimi, aos 26min do primeiro tempo; Ohno, aos 27min do segundo tempo